A Polícia Rodoviária Federal de Leopoldina vai intensificar a fiscalização nas rodovias que cortam a região a partir desta sexta-feira, 25 de fevereiro. A intenção da “Operação Carnaval 2022”, que vai até a quarta-feira de cinzas (2) é a diminuição de acidentes e reforço do efetivo em locais estratégicos.

Durante o feriado prolongado, a PRF reforçará o policiamento ostensivo para garantir aos cidadãos segurança, conforto e fluidez do trânsito. As ações desenvolvidas pela PRF serão focadas:
• na prevenção para a diminuição da gravidade dos acidentes;
• em uma resposta rápida para garantir fluidez ao trânsito;
• no combate às infrações de trânsito, em especial às condutas geradoras de acidentes como: as ultrapassagens indevidas e proibidas, dirigir sob influência de álcool, dirigir com velocidade incompatível, transitar pelo acostamento, dentre outras.

A fiscalização e o policiamento serão intensificados com aumento das rondas ostensivas nas rodovias e através do posicionamento das equipes em locais estratégicos. Mais de 800 policiais se revezarão ao longo dos trechos mais movimentados e considerados críticos pelo alto índice de acidentes ou pelo elevado número de infrações de trânsito.

Restrições de tráfego – Para melhorar a fluidez e a segurança nas rodovias federais durante o feriado prolongado, o tráfego de alguns veículos de carga será restringido em determinados dias e horários nas rodovias de pista simples. Não poderão transitar veículos ou combinações de veículos, passíveis ou não de Autorização Especial de Trânsito (AET) ou Autorização Específica (AE), cujo peso e dimensões excedam qualquer um dos seguintes limites:

– 2,6 metros de largura
– 4,4 metros de altura
– 19,8 metros de comprimento
– 57 toneladas de PBTC8

Confira abaixo os dias e horários das restrições:
– 25/02 – sexta-feira das 16h às 22h
– 26/02 – sábado das 06h às 12h
– 01/03 – terça-feira das 16h às 22h
– 02/03 – quarta-feira das 06h às 12h

O motorista que descumprir a determinação será multado em R$130,16 (infração média), receberá 4 pontos na CNH e terá o veículo retido.

Fonte: O Vigilante Online