Segundo ele, a agressão foi com a intenção de "corrigir" a criança.

Um homem, de 21 anos, foi preso na última terça-feira, 17, após matar a própria filha, uma menina de cinco anos, com um “soco para corrigi-la” em Monte Santo de Minas, Região Sudoeste de Minas Gerais.

O homem confessou a polícia, que deu um soco na menina na intenção de corrigir a criança após ela urinar no chão pela terceira vez. Ao agredir a menina, ela caiu no chão e bateu a cabeça, vindo a óbito.

O pai da menina contou a Polícia Civil, que pensou que a menina estava desmaiada, mas se desesperou ao perceber que nela, não haviam sinais vitais. Então, ele decidiu enrolar o corpo da menina em um cobertor e esconder em uma zona rural de difícil acesso da cidade.

Ao confessar o crime, ele mostrou aos policiais a localização exata onde escondeu o corpo da filha. O corpo da menina foi encaminhado ao Posto de Perícias Integradas, PPI, na cidade de Passos, em Minas Gerais.

O pai da criança e a namorada foram presos pela morte da menina.