Cama do casal ficava encostada em parede que cedeu após o desabamento do barranco.

Um deslizamento de terra na manhã desta sexta-feira (18) deixou uma família inteira morta em Caratinga, na Zona da Mata. Os bombeiros foram acionados pouco antes das 6h para a ocorrência.

Um homem de 42 anos, a filha dele de 17, e a madrasta da adolescente, de 22 anos, não resistiram ao impacto.

Vizinhos que acionaram o Corpo de Bombeiros afirmaram que o barranco atingiu a casa de dois pavimentos e que lá viviam três pessoas. O andar inferior da casa foi afetado pela encosta. Até a chegada dos militares, os próprios vizinhos tentaram realizar o socorro. No andar superior vive o dono do imóvel, que não teve o pavimento atingido.

Após tentaram chamar pelos moradores, mas sem sucesso, os vizinhos arrombaram o portão e se depararam com uma vítima já visivelmente em óbito e as outras com boa parte do corpo soterrada. 

Quando os bombeiros chegaram, os vizinhos já tinham conseguido acessar todas as vítimas que estavam debaixo da terra e uma estrutura colapsada de uma das paredes da casa. 

De acordo com o Tenente Danilo, da Polícia Militar, o barranco que ficava na lateral do imóvel cedeu e abriu dois buracos na parede do quarto onde as vítimas dormiam. “A cabeceira da cama ficava encostada na parede que cedeu. Observamos que a terra abriu dois buracos na parede lateral. Um desses locais é o quarto das vítimas”, contou.

O imóvel deve ser interditado pela Defesa Civil municipal.

Fonte: O Tempo