Foto: PJF




Cumprindo a tradição anual, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) entregou na noite desta segunda-feira, 25, o Troféu Mulher Cidadã 2024. Quinze mulheres do município que se destacaram em áreas de atuação distintas receberam a honraria estabelecida pela Lei nº 11.652.

A assessora da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Franciane Rabelo, explicou o processo de escolha dos nomes agraciados. “A comissão é instituída pela norma jurídica e tem um papel importante nas indicações promovendo o reconhecimento. São representantes de várias secretarias da PJF, da Câmara Municipal, da Associação Comercial, do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que se reúnem meses antes da homenagem para lembrar da atuação destas mulheres que prestam serviços de destaque para a comunidade”.




A prefeita Margarida Salomão destacou o trabalho das agraciadas em prol de toda a cidade. “Essas 15 representantes são exemplos que têm grande impacto na vida de Juiz de Fora e em suas comunidades. Neste mês, em que celebramos a luta das mulheres em todo mundo, é importante destacarmos a representatividade feminina. Que essas cidadãs homenageadas continuem no trajeto, contribuindo para que toda a sociedade possa ser melhor e igualitária”, pontuou.

A noite foi pautada por representatividade dos mais diversos setores. A vereadora Laiz Perrut (PT) destacou a atuação feminina em espaços de liderança. “Juiz de Fora conta com seu primeiro governo liderado por uma mulher e com quatro representantes no Legislativo. Precisamos avançar ainda mais”, enfatizou.




A homenageada na categoria “Comunicação”, Renata Monteiro, falou em nome de todas as agraciadas e contextualizou a honraria no momento em que vivemos. “Em uma semana histórica, quando as principais pautas de noticiários estão relacionadas a crimes hediondos praticados por homens contra pessoas do sexo feminino, não dá pra esquecer o quão difícil é ser mulher: mulher mãe, mulher preta, mulher de periferia, mulher PCD, mulher LGBTQIAP+, nesse país que escancara a complexa teia de preconceito e discriminação. E que, por esses motivos, o sistema insiste em não validar a presença da figura feminina em áreas de extrema importância para o desenvolvimento de um país democrático. Mas, na contramão desse cenário – e como um exemplo de tentativa de combate a essa teia – a cerimônia desta noite, em que a Prefeitura de Juiz de Fora, gerida por uma mulher, entrega troféus com tanta representatividade a 15 mulheres, significa um sopro de esperança de luta por mais avanços em políticas públicas”.

A solenidade foi encerrada com uma intervenção artística da homenageada na categoria “Música”, Laura Conceição.




Conheça as agraciadas com o Troféu Mulher Cidadã 2024:

Artes: Gabriela Lemos
Assistência Social: Myrian Thereza Silveira Lopardi
Comunicação: Renata Monteiro
Cultura: Valéria de Faria Cristofaro
Direitos Humanos: Cristina Maria Couto Guerra
Educação: Patrícia Martins Neves Crochet
Esporte: Nicole Costa Faria
Geração de renda: Indyamara Luciana dos Santos (Mamaty)
Justiça: Maria Cristina de Souza Trulio
Música: Laura Conceição
Política: Maria do Céu Corrêa Mendes (in memoriam)
Saúde: Simone Cristina Mathiasi de Oliveira
Segurança Pública: Dagmar Pontes de Andrade
Terceira Idade: Orzalina Silva dos Santos (Vó Zali)
Trabalho comunitário: Marcilea Rodrigues da Silva