Pode nevar em pontos extremos do sul.

Onda de  frio pode trazer neve em maio?

Nas próximas semanas pode haver uma queda acentuada de temperatura decorrente a uma intensa onde de frio. Além geada em amplos estados inclusive em áreas do Sudeste e Centro-Oeste, e há possibilidade de neve em alguns pontos do Sul do país. Vários recordes podem ser registrados neste período.

Ar frio

Na sexta-feira (13), a expectativa é que essa temperatura caia de forma expressiva e provocará geada nas serras gaúcha e catarinense. No fim de semana uma nova frente fria avança pelo sul do Brasil e deverá provocar chuva intensa em boa parte da Região.

A frente fria virá acompanhada de um ciclone extratropical, que ficará parado por vários dias no oceano, e um por uma intensa massa de ar polar que contribuirá para queda de temperatura acentuada. O frio mais intenso será previsto a partir do dia 17 de maio, mas principalmente entre os dias 18 e 19 de maio.


                                                           Figura 1: Temperatura mínima – Fonte: Climatempo

Possibilidade de neve

Com os ventos frios da massa de ar polar que já se espalham pelo o país, e o ciclone no oceano, podem levar um pouco de umidade para o continente. Essa junção de umidade com ar frio pode provocar neve ou algum outro tipo de precipitação invernal nos pontos mais altos da serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e deve acontecer entre os dias de 17 e 18 de maio de 2022.

                                                                 Figura 2: precipitação de inverno – Fonte: Climatempo

Geada

A possibilidade de geada retornar entre os dias 17 e 22 de maio. Além dos estados do Sul, a chance de geada em Minas Gerais (sul), Serra da Mantiqueira e em alguns pontos de São Paulo, e em partes do Mato Grosso do Sul. Diferentemente das últimas semanas onde as baixas temperaturas, se deu somente as regiões de maior atitude no Sul do Brasil, o risco de geada aumenta nas demais localidades, inclusive em Curitiba.

Risco de geada

O frio deve atingir áreas do Sul, Sudeste, Centro-Oeste, e pode levar a queda de temperaturas, especialmente nas mínimas, no Norte do Brasil. Essa onda de frio promete ser intensa para o mês de maior e várias cidades podem bater recordes de muitos anos. Na capital paulista, por exemplo, a temperatura mínima pode ficar abaixo de 10°C no dia 19 de maio de 2022.

Clima Ao Vivo