No final da tarde deste domingo (26), um ônibus a serviço da Buser e um carro de passeio modelo Fiat Palio bateram frontalmente na BR-040 próximo de Ewbank da Câmara. Chovia no momento do acidente

O acidente ocorreu cerca de 4km após o posto da Polícia Rodoviária Federal, e segundo informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, 5 pessoas vieram a óbito no local do acidente, todos ocupantes do carro.

No ônibus duas pessoas ficaram feridas, o ajudante do motorista que foi levado para o Hospital de Pronto Socorro em estado grave e o motorista que foi levado em estado estável. No ônibus haviam 28 passageiros que não sofreram ferimentos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro invadiu a contra mão vindo a colidir frontalmente com o ônibus que estava a serviço do aplicativo Buser no sentido Rio x Belo Horizonte.

Às 17h46 a concessionária Via 040, informou que havia  interdição  parcial no sentido Rio de Janeiro e  Interdição parcial no sentido Distrito Federal.

  Lentidão no sentido RJ de 1 Km e sentido DF de 1 Km.Ponto de referência: entre o posto da PRF e o acesso à Paula Lima.

Notas das empresas sobre o acidente:

Nota Pedra Azul

A empresa de fretamento Pedra Azul informa que vem dando total suporte aos passageiros e motoristas que estiveram envolvidos no acidente ocorrido nesta tarde (26/12).O acidente ocorreu na rodovia BR-040, na altura de Ewbank da Câmara-MG, quando, segundo informações dadas por testemunhas, um automóvel se chocou de frente com o ônibus.Neste momento, além do apoio aos passageiros, que já seguiram viagem em um ônibus reserva, a Pedra Azul está empenhada em garantir a melhor assistência possível aos motoristas do ônibus, que precisaram ser encaminhados ao Hospital de Pronto Socorro de Juiz de Fora e seguem em observação.

A empresa ressalta que todas as suas viagens são cobertas por seguro, para garantir a plena assistência de todos os passageiros, motoristas e demais funcionários.O veículo envolvido no acidente contava com modernos equipamentos de segurança, tais como sensores de fadiga e telemetria via satélite, além de contar com dois motoristas, para garantir que a viagem transcorresse com o máximo possível de segurança para todos. A documentação e manutenção também estavam em dia, com licença para viagem expedida e aprovada pela ANTT.

A empresa pede que os órgãos responsáveis analisem com brevidade os fatores que causaram o acidente e que medidas de segurança sejam implementadas no local para evitar que fatos como este se repitam.

Nota da Buser

A Buser lamenta profundamente o acidente ocorrido na tarde deste domingo (26), na BR-040, altura de Ewbank da Câmara-MG e informa que, junto com a Pedra Azul, empresa proprietária do ônibus, vem prestando todos os esclarecimentos necessários às autoridades policiais, bem como o auxílio necessário aos envolvidos. Os cerca de 20 passageiros que estavam a bordo não tiveram nenhum ferimento e já seguiram viagem para o destino final em um ônibus reserva.

A plataforma esclarece que as causas oficiais do acidente estão sendo apuradas em perícia por órgãos competentes, mas adianta que, pelas informações preliminares dadas por testemunhas, o carro de passeio que colidiu com o ônibus vinha na contramão.

Ao se solidarizar com familiares e amigos das vítimas, a Buser aguarda as investigações. A startup afirma ainda que o ônibus em questão é um veículo novo, em excelente estado de conservação, equipado com sensores de fadiga para o monitoramento permanente do motorista, além de possuir o sistema de telemetria, ferramenta que permite o controle em tempo real da velocidade. A Buser tem a segurança como um dos pilares de sua atividade. A empresa oferece, gratuitamente, treinamentos regulares aos motoristas parceiros. Além disso, desde o início de sua atuação, implementou o seguro grátis a todos os viajantes.