-Continua após a publicidade-

Treze ônibus clandestinos foram apreendidos e aproximadamente 400 passageiros foram realocados em transporte regular em Minas Gerais desde a última sexta-feira (8/10) até este domingo (10/10). As apreensões fazem parte da ”Operação Centauro” da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para combater o transporte não autorizado de passageiros no país.

De acordo com Agência, os principais pontos de fiscalização em Minas são as saídas de Belo Horizonte  e no Triângulo Mineiro. Dois ônibus foram apreendidos na capital mineira, e os outros 11 em outras cidades mineiras.

-Continua após a publicidade-

Ainda em Belo Horizonte, oito veículos foram retidos para regularização. Entre os problemas, estavam: extintores vencidos, martelinhos de saídas de emergência faltando. Esses não foram apreendidos porque possuem liminar para fazerem transporte, segundo a Agência. 

No Brasil, a fiscalização ocorre em 27 pontos estratégicos, nas principais rotas do transporte clandestino no pais.

-Continua após a publicidade-

”A ANTT alerta à população dos riscos em um transporte não autorizado, justamente pela precariedade dos veículos, que não oferecem segurança, com motoristas cansados, ou não treinados, e pelo aumento do risco de contágio pela COVID-19”, informou a ANTT.

O motivo do incremento da fiscalização é o aumento do fluxo de transporte irregular no período, em função do feriado prolongado de quatro dias, dia de nossa Senhora Aparecida, concomitante com o Dia das Crianças, que também se comemora no dia 12 de outubro.

-Continua após a publicidade-

Ouvidoria

Para informações sobre a legalidade da viagem ou denúncias de transporte clandestino, a Agência informa os canais da Ouvidoria: Whatsapp (61) 99688-4306, telefone 166 ou pelo e-mail: ouvidoria@antt.gov.br.

-Continua após a publicidade-
-Continua após a publicidade-
-Continua após a publicidade-
-Continua após a publicidade-
-Continua após a publicidade-
-Continua após a publicidade-