Foto: PJF




Nesta quinta-feira, 16, das 16h30 às 20h30, a comunidade do bairro São Bernardo e comunidades vizinhas recebem o projeto “Cras Móvel” na Escola Municipal Amélia Mascarenhas, situada na Rua Dr. Maurício Guerra, 300. Será possível obter encaminhamentos para documentação, emissão de carteira da pessoa idosa para viagens interestaduais, encaminhamentos para isenção da taxa para segunda via de certidão de nascimento, cadastros de programas sociais, orientações sobre Bolsa Família, BPC, Dignidade Menstrual, Auxílios natalidade e vulnerabilidade), além de cadastramento e recadastramento do Cadastro Único (CadÚnico).

Os interessados devem levar o documento de identificação com foto, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência, originais. Também é necessário a documentação de todos os moradores da residência (RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência).




A iniciativa é do Cras Leste Vitorino Braga que é o espaço de referência da região.

O “Cras Móvel” da Secretaria de Assistência Social (SAS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) tem o objetivo de facilitar o acesso e levar os serviços socioassistenciais aos moradores do território de referência das 11 unidades dos Centros de Referência da Assistência Social do município.




A iniciativa visa aproximar o trabalho das comunidades oferecendo os serviços a um maior número de pessoas e fortalecendo vínculos.

A ação tem como foco informar as famílias sobre os serviços prestados pelas unidades.