Em resposta a uma série de incidentes envolvendo menores de idade desacompanhados, dois dos principais shoppings de Juiz de Fora anunciaram medidas para restringir o acesso de crianças e adolescentes desacompanhados por adultos em seus espaços.

Frequentemente, principalmente aos domingos, quando o transporte público é gratuito na cidade, relatos de furtos e vandalismo têm aumentado nos estabelecimentos comerciais. Os relatos de frequentadores apontam que grupos de adolescentes e crianças têm sido responsáveis por quebras e furtos de mercadorias, causando prejuízos e transtornos para lojistas e clientes.




Em vista desses incidentes, os shoppings decidiram adotar uma política mais rigorosa em relação ao acesso de menores desacompanhados, visando garantir a segurança de todos os frequentadores e a integridade do espaço comercial. A medida busca também prevenir situações que possam colocar em risco tanto os jovens quanto os funcionários e clientes do shopping.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (SINTTRO) emitiu uma nota repudiando as ações de crianças e adolescentes desacompanhados nos shoppings, destacando que tais comportamentos têm gerado transtornos, especialmente para os motoristas, que enfrentam situações de desordem nos ônibus durante o transporte gratuito aos domingos.




Diante desses desafios, os shoppings estão trabalhando em estreita colaboração com autoridades locais e órgãos responsáveis pela segurança pública para garantir que as medidas adotadas sejam eficazes e que o ambiente dos centros comerciais permaneça seguro e acolhedor para todos os seus frequentadores.