No desdobramento de uma investigação minuciosa, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) anunciou na última sexta-feira (22) a prisão de dois homens, de 21 e 26 anos, suspeitos de envolvimento em uma tentativa de homicídio ocorrida em Muriaé, na Zona da Mata. O caso teve como uma das vítimas uma criança de apenas cinco anos.

De acordo com as informações divulgadas pelo delegado Glaydson de Souza, responsável pelas investigações de homicídios na região, os dois indivíduos, munidos de uma motocicleta, efetuaram disparos de arma de fogo contra um grupo de cinco pessoas, incluindo a criança, no bairro Vale Verde, em 12 de fevereiro deste ano.




“É notável a audácia dos suspeitos, que mesmo diante da presença de uma criança no local não hesitaram em cometer os disparos”, observou o delegado.

As investigações apontam que o ataque pode ter sido motivado por um desentendimento ocorrido entre as partes envolvidas no bairro Inconfidência, anos atrás. Após o ataque, algumas das vítimas perseguiram os suspeitos até o bairro Porto, onde estes abandonaram o veículo utilizado no crime. Em retaliação, as vítimas incendiaram a motocicleta.




As vítimas serão responsabilizadas pelos danos causados à motocicleta, enquanto os suspeitos detidos foram encaminhados ao sistema prisional. O delegado enfatizou a rápida intervenção da PCMG, que visou impedir que os envolvidos buscassem justiça pelas próprias mãos.