Foto: PJF




Nesta segunda-feira, 4, a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) interditou um estabelecimento financeiro localizado na Rua Barão de São João Nepomuceno, no Centro. A empresa Bem Seguros e Créditos foi lacrada após a fiscalização constatar infrações como publicidade abusiva e concessão de crédito irresponsável.

Essas infrações são as mesmas que resultaram na interdição de seis instituições financeiras no final de fevereiro. Na sexta-feira, 23, o Procon interditou dois estabelecimentos da rede Crefisa, três agências do Agibank S.A e a Horizonte Cred, credenciada do Banco Itaú.




Em todos esses estabelecimentos foram constatadas práticas abusivas que desrespeitam o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e a Lei Federal 14.181, que trata sobre o aperfeiçoamento da disciplina do crédito ao consumidor e a prevenção e tratamento do superendividamento.

Assim como estabelecido nos autos de infração das interdições anteriores, a Bem Seguros e Créditos deve retirar imediatamente as publicidades e ofertas abusivas divulgadas, com remoção de todo material publicitário divulgado, além de promover contrapropaganda, de forma a ser capaz de desfazer o malefício da publicidade abusiva para a regularização das atividades.




A Horizonte Cred tomou as providências requeridas e foi liberada para atendimento pelo Procon.