Foto: PJF




Após a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) entrar com uma ação judicial contra um loteamento irregular no bairro Linhares, a Secretaria de Obras (SO) realiza nesta terça-feira (27), intervenções para mitigar os estragos causados pela movimentação de terra.

De acordo com o secretário de Obras, Lincoln Santos, as máquinas e equipes da Prefeitura já estão atuando para criar soluções que possam diminuir a velocidade de descida da água pluvial, evitando o carreamento de solo, de terra solta na Avenida Diva Garcia, que tem causado transtorno para moradores e motoristas. “A partir de hoje vamos criar situações paliativas para minimizar e evitar o máximo possível os problemas que vem causando as chuvas aqui na região. O que será feito nesse primeiro momento será a construção de curvas de nível e bacias de retenção da água, para podermos diminuir a velocidade com que ela desce e atinge a via. Depois disso, iremos avaliar os resultados e, dependendo da avaliação, se será necessária uma nova intervenção. Posteriormente, iremos contratar um projeto de recuperação ambiental para esta área”, explica. 




Além das medidas administrativas e judiciais, a PJF organiza uma força tarefa que envolve plantão das equipes do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb), para remoção dos resíduos; da Defesa Civil, com monitoramento da área; da Secretaria de Obras (SO), para buscar intervenções emergenciais e resolutivas; e da Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur) com o levantamento dos danos ambientais e proposição do Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD).