Foto: Polícia Militar Meio Ambiente




Um vira-lata chamado Duque, pesando 18 kg, foi resgatado em meio a condições deploráveis na zona rural de Oliveira Fortes, MG. Após uma denúncia de maus-tratos, equipes de resgate levaram o animal para uma ONG em Juiz de Fora, onde recebeu atendimento veterinário urgente.

O cão foi encontrado com um ferimento grave na cabeça, resultado de uma infecção parasitária causada por larvas de várias espécies de moscas. De acordo com informações da Polícia Militar de Meio Ambiente, a tutora do animal, uma mulher de 56 anos, não apresentou qualquer evidência de tratamento para a condição do animal.




Diante da situação de negligência, a tutora foi detida por crimes de maus-tratos e crueldade à fauna doméstica, sendo conduzida para a Delegacia em Santos Dumont. Além da prisão, ela recebeu uma multa no valor de R$ 2.639,85 como penalidade pelos seus atos.

O caso de Duque ressalta a importância da denúncia de maus-tratos e da atuação das autoridades para proteger os animais em situações de vulnerabilidade. A ONG responsável pelo resgate está comprometida em fornecer todo o cuidado necessário para a recuperação de Duque, além de buscar por um lar amoroso para ele assim que estiver pronto para adoção.