A Polícia Militar do Município de São João Nepomuceno foi acionada para atender a uma ocorrência de extrema gravidade na noite desta segunda-feira (20). Um homem, de 35 anos, é o principal suspeito de esfaquear uma mulher de 33 anos, vítima de um relacionamento anterior.

Ao chegarem à residência indicada, as autoridades encontraram a vítima em estado crítico, apresentando cortes profundos. A equipe policial, em colaboração com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), realizou os primeiros socorros, e a mulher foi encaminhada às pressas para atendimento médico.




A vítima, mesmo debilitada, conseguiu fornecer informações essenciais. Ela indicou que o agressor seria um ex-companheiro com quem havia terminado recentemente. Uma testemunha alegou que o motivo da agressão estava relacionado ao término do relacionamento e ao fato da vítima esfaqueada ter solicitado medidas protetivas contra o agressor. No entanto, devido à gravidade de seus ferimentos, não pôde fornecer mais detalhes sobre a identidade do suspeito.

As viaturas policiais iniciaram imediatamente o rastreamento com o objetivo de localizar e prender o autor do crime. Até o momento, as autoridades não obtiveram êxito na captura do suspeito, que continua foragido.




Uma testemunha que estava presente no local prestou depoimento às autoridades, sugerindo que o agressor teria agido motivado pela descoberta de que a vítima solicitou medidas protetivas contra ele. No entanto, a testemunha não pôde fornecer informações detalhadas sobre a dinâmica do relacionamento entre a vítima e o agressor.

As viaturas policiais permanecem em diligência, intensificando os esforços para localizar e prender o suspeito. A população é incentivada a colaborar com informações que possam auxiliar na identificação e captura do agressor, entrando em contato com a Polícia Militar local.




A situação ressalta a importância da denúncia e do apoio às vítimas de violência, reforçando a necessidade de medidas protetivas como forma de prevenir episódios tão lamentáveis quanto este.