Foto: Luiz Felipe Coelho




Neste mês, a cidade de Juiz de Fora comemora um ano desde a quebra de contrato com o Consórcio Manchester, responsável pelo serviço de transporte público. Após esse marco, os passageiros têm observado melhorias significativas no atendimento e na qualidade do transporte na região.

Em setembro de 2022, o Consórcio Via JF assumiu todas as linhas anteriormente operadas pelo Consórcio Manchester. Desde então, os investimentos e esforços empreendidos pelo novo consórcio têm proporcionado resultados positivos aos passageiros.




Um dos principais problemas enfrentados pelos usuários do transporte público antes da quebra de contrato era a falta de ônibus, quebras frequentes e o descumprimento dos horários estabelecidos. No entanto, após a transição, a confiabilidade dos horários se tornou uma realidade para muitos passageiros.

Segundo o portal da Transparência da PJF. Em Julho de 2022 as linhas operadas pelo Consórcio Manchester apresentaram uma taxa de cumprimento de viagem de 83,49% e agora em Abril de 2023 ja com o Consórcio Via JF o cumprimento foi de 99%




Ana Alice, funcionária de um shopping localizado no Bairro Cascatinha, relatou que, desde a chegada do Consórcio Via JF, ela pode confiar nos horários dos ônibus novamente. Isso era algo que não era possível com o Consórcio Manchester, que operava com uma frota reduzida e com manutenção precária, resultando em acidentes frequentes e deixando diversos bairros sem transporte adequado. Ela comenta: “Antes, eu ficava horas esperando o ônibus chegar, e muitas vezes ele nem aparecia. Agora, com o Consórcio Via JF, os ônibus chegam pontualmente nos horários previstos. Isso facilitou muito a minha vida e me proporcionou mais tranquilidade para me deslocar pela cidade.”

O Consórcio Via JF investiu mais de R$100 milhões na compra de 170 ônibus zero quilômetro, além de adquirir micro-ônibus para atender áreas de difícil acesso. Essa renovação da frota trouxe melhorias significativas para o serviço prestado aos passageiros.




Em Julho de 2022, foi registrado um problema significativo de descumprimento de horário em algumas linhas específicas. As linhas 303 – Jardim Esperança, 307 – Retiro-Floresta, 525 – UFJF, 535 – UFJF, 555 – UFJF e 590 – Zona Sul apresentaram uma taxa de descumprimento de horário de mais de 75%. Esse cenário causou transtornos aos passageiros que utilizavam essas linhas, gerando atrasos e inconveniências em seus deslocamentos diários.

De acordo com informações fornecidas pelo Consórcio Via JF, o último mês registrou uma taxa de cumprimento de horário de 99%, demonstrando um compromisso em oferecer um serviço pontual e confiável. Além disso, o consórcio planeja investir cerca de R$40 milhões até setembro de 2023 para aprimorar ainda mais o sistema de transporte público de Juiz de Fora.




Entre os planos futuros do Consórcio Via JF estão a compra de novos ônibus e a implementação de um sistema moderno de bilhetagem eletrônica em 100% da frota da cidade, visando melhorar a experiência dos passageiros e garantir a eficiência operacional.

Marcos Silva, morador do bairro São Mateus, elogia a melhoria no serviço de transporte desde a chegada do Consórcio Via JF. Ele comenta: “Antes, era um verdadeiro desafio pegar o ônibus para ir ao trabalho. Os atrasos eram constantes, e muitas vezes os ônibus nem apareciam. Com o novo consórcio, percebo uma grande diferença. Agora, os ônibus chegam nos horários corretos, e a frota renovada traz mais conforto e segurança para os passageiros.”




Camila Santos, estudante da UFJF, destaca as melhorias observadas desde a transição para o Consórcio Via JF. Ela relata: “Como estudante, dependo muito do transporte público para me locomover pela cidade. Depois que o novo consórcio assumiu, percebi um aumento considerável na frequência dos ônibus e uma redução significativa nos atrasos. Isso tem facilitado muito minha rotina diária, tornando o deslocamento mais eficiente e confiável.”