Um episódio chocante ocorreu neste sábado (20) na cidade de Ubá, Minas Gerais, quando um homem de 64 anos esfaqueou sua esposa depois que ela se recusou a fazer café para ele. A violência não parou por aí, pois a filha do casal, uma jovem de 20 anos, também foi atingida no rosto ao tentar defender a mãe do agressor. A ocorrência foi registrada na Rua José de Azevedo.

De acordo com informações da polícia, o crime só não teve um desfecho ainda mais trágico graças à intervenção corajosa da filha, que conseguiu interromper o ataque. Ao chegarem ao local, os militares se depararam com o agressor vestindo roupas ensanguentadas e ele ainda tentou confrontar a polícia, mas acabou sendo imobilizado.




Em depoimento às autoridades, o homem revelou que cometeu o ato violento porque sua esposa, de 52 anos, era sempre prestativa com os outros, exceto com ele. A motivação banal do crime chocou ainda mais a comunidade local.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas e prestaram socorro à mãe e à filha, que apresentavam lesões graves. As vítimas foram encaminhadas para o hospital, onde recebem atendimento médico adequado.




Infelizmente, devido à tentativa de linchamento por parte de populares e parentes revoltados com a atitude do agressor, a cena do crime não pôde ser preservada para a perícia, prejudicando as investigações. As autoridades estão conduzindo o caso e tomarão as medidas cabíveis para garantir a segurança das vítimas e a punição do agressor conforme a lei. A violência doméstica é um grave problema social que exige ações efetivas para prevenção e combate, visando proteger a integridade física e emocional das vítimas.

%d blogueiros gostam disto: