Minas Gerais registrou a morte de mais três crianças com menos de 12 anos por Covid-19, segundo informações atualizadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta segunda-feira (7). Com os novos registros, o Estado chega a 11 óbitos infantis apenas em 2022. 

Além das crianças, um adolescente de 13 e outra de 14 anos morreram pela doença neste ano. A maioria dos óbitos de crianças é de bebês com menos de um ano, todos eles sem comorbidades conhecidas. 

As crianças e adolescentes viviam em Além Paraíba, Belo Horizonte, Extrema, Ipaba, Ipanema, Manhuaçu, Paraisópolis, Passa Quatro, Pouso Alegre, Ribeirão das Neves e Sete Lagoas. Nenhuma das cidades registrou mais de uma morte, segundo a SES-MG.

As vacinas contra Covid-19 foram aprovadas para o público acima de 5 anos e fabricantes conduzem testes para utilização dos imunizantes para crianças menores também. A cobertura do público de 5 a 11 anos em Minas Gerais com a primeira dose chega a 13,2%, de acordo com a SES-MG. O dado ainda é incompleto, porém, já que cidades precisam atualizar no sistema estadual informações sobre as aplicações. 

Esta matéria foi atualizada às 16h48 para explicar a taxa de cobertura vacinal infantil em Minas. 

Fonte: O Tempo