O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais (Minaspetro) afirma que, por ora, a greve dos caminhoneiros, que se estende pela manhã desta quinta-feira (9), não afetou de forma relevante os estoques dos postos de combustível em Minas Gerais.  

“As operações nas bases distribuidoras, em Betim, permanecem normalizadas e, até o momento, a situação não preocupa”, detalha o sindicato, por meio de nota.

A entidade faz um apelo para que a população não corra aos postos de combustível para encher o tanque, como ocorreu durante a greve dos tanqueiros, em fevereiro deste ano, sob risco de que a corrida contribua para diminuir a oferta de combustível. “É exatamente esta abrupta e inesperada alta na demanda que pode causar uma baixa momentânea no estoque”, reforça. 

Esta matéria está em atualização.