A deputada estadual de Minas Gerais, Marilene Alves (PT), conhecida como Leninha, visitou Juiz de Fora, nesta sexta-feira, 27, com objetivo de ouvir e dialogar com agricultores familiares, lideranças locais e com representantes do executivo e legislativo.

No início da manhã, a deputada esteve com o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo, da Inovação e Competitividade (Sedic), Ignácio Delgado e equipe técnica da pasta para tratar de projetos referentes à economia solidária e economia criativa, Plataforma de Bioquerosene e Renováveis da Zona da Mata e outras questões relacionadas ao desenvolvimento de Juiz de Fora e região.




Em seguida, Leninha, acompanhada da secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Fabiola Paulino da Silva e da gerente do Departamento de Comercialização e Agroindústria, Maria Pimenta, visitou a Feira “É Daqui”, realizada na Rua São João, no Centro. A feira reúne produtos sem glúten, orgânicos e agroecológicos de 13 produtores da cidade e região.

Depois, a parlamentar se encontrou com a prefeita Margarida Salomão na sede da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), onde falaram sobre questões políticas. Na sede, ainda conheceu as instalações e equipe do Departamento de Gabinete de Ação e Diálogo Comunitário da Secretaria de Governo.




Ainda pela manhã, Leninha visitou o Restaurante Popular do Centro da cidade. Conheceu a estrutura e como funciona a dinâmica de entrega das refeições neste momento de pandemia, acompanhada da gerente do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Seapa, Flávia Leite. À tarde, se encontrou com agricultores da cidade e com a equipe do Departamento de Apoio à Produção Sustentável para falar sobre políticas públicas para a agroecologia.

“A agroecologia me acompanha há mais de 30 anos, e, no caminho que estou percorrendo, realizo o trabalho de escuta para conhecer as realidades de cada região e fazer projetos de lei voltados para o fomento do setor, que, no quesito investimento é marginalizado. Precisamos fortalecer o polo agroecológico, pensar em políticas públicas não só para o fortalecimento, mas também para ganharmos a sociedade com a pauta, inserindo alimentos mais saudáveis na mesa de todas e todos”, enfatizou a deputada.