17/06/2021

Itapemirim começa a vender passagens aéreas por R$ 119

Começou ontem (21), ao meio dia, a venda de passagens aéreas da Itapemirim com tarifas promocionais a partir de 119 reais – incluindo feriados e datas comemorativas, como Ano Novo e Carnaval. Além do site oficial, atualizado para o começo das operações, será possível cotar preços por meio de agências de turismo parceiras. Os primeiros voos comerciais serão realizados no dia 30 de junho.

Foto montagem: Matheus Vinicius (Instagram)

Antes dos primeiros trajetos abertos ao público (que, inicialmente, serão operados em sete cidades das regiões centro-oeste, sudeste, sul e nordeste), será realizado um voo inaugural no dia 29 de julho entre os aeroportos de Brasília (DF) e Guarulhos (SP), cuja renda será revertida a instituições beneficentes. E, de acordo com a companhia aérea, a previsão é oferecer 35 destinos em doze meses.

Confira a lista completa de destinos e programação do início das operações em cada cidade

Porto Seguro (1 de julho de 2021);

Recife (1 de agosto de 2021);

Maceió (1 de agosto de 2021);

Fortaleza (1 de agosto de 2021);

Florianópolis (1 de agosto de 2021);

Natal (1 de agosto de 2021);

Vitória (1 de setembro de 2021);

São Luis (1 de setembro de 2021);

Aracaju (1 de setembro de 2021);

Goiânia (1 de setembro de 2021);

Ribeirão Preto (1 de setembro de 2021);

Belém (1 de outubro de 2021);

Manaus (1 de novembro de 2021);

Santarém (1 de novembro de 2021);

Foz do Iguaçu (1 de dezembro de 2021);

Macapá (1 de fevereiro de 2022);

Imperatriz (1 de abril de 2022);

Navegantes (1 de abril de 2022);

Presidente Prudente (1 de abril de 2022);

Uberlândia (1 de abril de 2022);

João Pessoa (2 de abril de 2022);

Campo Grande (1 de maio de 2022);

Palmas (1 de maio de 2022);

Cuiabá (1 de maio de 2022);

Porto Velho (1 de maio de 2022);

São José do Rio Preto (1 de maio de 2022);

Teresina (1 de junho de 2022);

Maringá (1 de junho de 2022).

Operando aeronaves Airbus A320 ceo, a Itapemirim Tranportes Aéreos oferecerá a mesma configuração de 162 passageiros que era utilizada pela finada Avianca Brasil, com 18 assentos a menos que na lotação máxima. Entre os diferenciais, a empresa não cobrará por bagagens despachadas e marcação de lugar – e, segundo o presidente, quando permitido, haverá serviço de bordo “diferenciado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *