O Flamengo entra em campo com seu time titular pela primeira vez na temporada de 2021 nesta quarta-feira (31), contra o Bangu, às 21h (horário de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Depois de duas semanas de folga e treinamento pesado desde a reapresentação, no dia 15 de março, o elenco principal do Rubro-Negro começa a mostrar sua cara à torcida. A Rádio Nacional começa às 20h30 a cobertura esportiva do duelo, que terá narração de André Luiz Mendes, comentários de Mário Silva e plantão de notícias de Bruno Mendes.

Foram 16 dias de trabalho para corrigir erros de 2020, em busca de um ano ainda melhor. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (30), o capitão da equipe, Diego Ribas, revelou o que o torcedor pode esperar do Flamengo.

“Pode esperar um Flamengo bem organizado, dedicado, com sede de vitórias, de títulos. É isso que a gente quer fazer. Durante esses dias de treinamento trabalhamos não só o físico, mas também o tático, uma procura pela perfeição constante. É isso que todos podem esperar: um time que tem uma exigência muito alta e sede de vitória”.

🎙️ Confira a entrevista coletiva de @ribasdiego10 na íntegra em: https://t.co/CfljJ5lViQ #CRF

📸: @AlexandreVidal1 /CRF pic.twitter.com/AfrL2Z7WKj — Flamengo (@Flamengo) March 30, 2021

O confronto com o Bangu não deve mudar muito a situação do Flamengo no Campeonato Carioca. Afinal, o time é líder da Taça Guanabara, com 13 pontos, quatro pontos a mais que o Fluminense, que está na quinta posição. Desta forma, mesmo se perder, o Rubro-Negro não deixa o G4. Por outro lado, o encontro já serve de preparação para a Supercopa do Brasil, marcada para o dia 11 de abril, contra o Palmeiras. Diego quer atenção total.

“Todo jogo serve para nos testar. Nos testando a gente evolui. Então nosso pensamento é sempre vencer, independente do campeonato que participamos. Temos que ir por etapas. Esse próximo jogo teremos concentração total, colocar em prática tudo aquilo que a gente vem treinando e que nós continuemos a ser uma equipe equilibrada e competitiva, como sempre”. Audio Player00:0000:00Use Up/Down Arrow keys to increase or decrease volume.Baixar arquivo

Ouça na Rádio Nacional

Com Rogério Ceni, Diego voltou a ser titular, só que em uma posição diferente da que estava habituado. Aos 36 anos, sendo 20 anos de carreira no futebol, o capitão rubro-negro precisou se readaptar, e ele comenta o início de temporada como volante.

“Eu me sinto muito à vontade no meio-campo, às vezes mais ofensivo, como fazia com o Jorge Jesus, às vezes mais defensivo, como tenho feito agora. Estou muito à vontade nessa posição. É algo que me motiva, ter que me reinventar para continuar correspondendo e performando. Eu tenho vivido o momento, depende muito do treinador, mas o que estiver ao meu alcance eu vou fazer para ajudar a equipe e sentir o prazer em jogar, como eu tenho sentido”.

O Flamengo deve entrar em campo contra o Bangu com Diego Alves, Isla, Willian Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Gérson, Diego e Arrascaeta; Bruno Henrique, Éverton Ribeiro e Gabigol.