Trabalhadores do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) terminaram nesta sexta-feira, 26, os serviços de zeladoria no Parque de Exposição. O local, que se encontra fechado para a realização de eventos por conta da pandemia da Covid-19, passou por roçada, capina e recolhimento de resíduos no interior e no entorno da área. Ainda nesta sexta-feira, uma equipe de Controle de Pragas do Setor de Zoonoses da Secretaria de Saúde (SS) realizou a desratização no espaço.

O pedido de limpeza foi feito pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), pasta responsável pela administração do local. O Parque de Exposições de Juiz de Fora recebe e armazena cestas básicas destinadas às famílias em vulnerabilidade social na cidade e, por isso, a importância da ação do Demlurb. No início do mês, por exemplo, a PJF recebeu 1.500 cestas que foram levadas para o local e depois distribuídas para os 11 Centros de Referência de Assistência Social (Cras)

Além disso, de acordo com a secretária da Seapa, Fabiola Paulino a limpeza contribui com a segurança do espaço. “Eventualmente, sofremos com invasões e furtos no parque. Então, além da questão do armazenamento das cestas básicas, a manutenção do espaço facilita o serviço de vigilância que é feita no local 24 horas por dia”.

Serviços na cidade

Várias outras ações de limpeza foram feitas pelo Demlurb na cidade durante esta semana, entre eles, na segunda-feira, 22, varrição nas ruas Alameda Mundo Novo, Coronel Assis e adjacentes, no bairro Floresta, além de retirada de mato em pequenas proporções nas vias. Na terça-feira, 23, a equipe de varrição levou o serviço para a BR-440, no Bairro São Pedro e, na quinta, a ação foi realizada na Avenida Doutor Paulo Japiassú Coelho, no bairro Cascatinha, do trecho entre o Hospital Ascomcer e o posto da Polícia Militar, nos dois lados da via.