equipes da operação “Fiscalização pela Vida” realizaram nesta terça-feira, 23, ação de ocupação no Centro e também na zona norte da cidade. O objetivo da operação foi ocupar os espaços para evitar o comércio irregular nas vias públicas e fiscalizar o funcionamento dos estabelecimentos, conforme determina a Onda Roxa do Minas Consciente. No Centro, as ações ocorreram de forma pacífica e sem registros de desrespeito às normas de funcionamento vigentes durante o período de lockdown no município.

Na zona norte, as equipes atuaram nos bairros Francisco Bernardino e Santa Cruz, onde foram vistoriados 25 estabelecimentos, dos quais apenas dois foram autuados. Já o comércio de ambulantes foi orientado a recolher as mercadorias e desocupar o local.

Fiscalização pela Vida

A operação “Fiscalização pela Vida” é uma atuação conjunta dos fiscais de posturas da Sesmaur; dos guardas municipais da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc); dos agentes de transporte e trânsito da SMU, do Procon e da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). A ação é coordenada pela secretária de Governo, Cidinha Louzada.