operação “Fiscalização pela Vida” segue atuando em diversos bairros de Juiz de Fora. Entre quinta-feira, 18, e esta sexta-feira, 19, foram realizadas mais de 500 vistorias para verificar o cumprimento dos protocolos relacionados à Covid-19.

Neste período, a Guarda Municipal realizou diligências de fiscalização em dez bairros diferentes. A equipe levou orientação acerca do funcionamento do comércio na Faixa Roxa do Programa Minas Consciente a estabelecimentos em Benfica, Milho Branco, Francisco Bernardino, Santa Catarina, Parque Guarani, Santa Paula, Grajaú, Democrata, Alto dos Passos e Santa Luzia. A ação priorizou o esclarecimento aos proprietários.

No total, 27 estabelecimentos foram visitados pela equipe. Destes, 15 foram notificados e devem se adequar ao cumprimento do decreto 14.400. A notificação não representa multa, pois é um documento de adequação ao cumprimento da lei. Caso seja flagrado em um segundo momento, reincidindo no problema, poderá receber um auto de infração.

Os fiscais de posturas da Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur) emitiram nesta quinta-feira, 18, três termos de intimação, cinco diligências fiscais e oito autos de infração. Dos 25 estabelecimentos visitados durante o período da noite, 22 cumpriam o protocolo. Já os agentes de transporte e trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMU), abordaram 460 ônibus entre quinta e sexta-feira.

Fiscalização pela Vida

A operação “Fiscalização pela Vida” é uma atuação conjunta dos fiscais de posturas da Sesmaur; dos guardas municipais da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc); dos agentes de transporte e trânsito da SMU, do Procon e da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). A ação é coordenada pela secretária de Governo, Cidinha Louzada.