equipes de fiscalização da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) estão agindo com o objetivo de garantir o respeito ao decreto que determina a entrada do município na Faixa Roxa do Programa Municipal de Enfrentamento à Covid-19. Nesta quarta-feira, 10, 179 estabelecimentos foram vistoriados pela operação “Fiscalização pela Vida” e dois foram interditados após não seguiram a orientação de fechamento.

Além disso, sete agências bancárias foram vistoriadas pela Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). Em três, foram constatadas irregularidades e foram emitidos cinco autos de infração: três por excederem o tempo máximo de atendimento e duas por filas externas. Também foram autuados pelo órgão dois supermercados e duas padarias.

No terceiro dia desde a implantação da Faixa Roxa no município, a equipe da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMU) abordou 364 ônibus. As empresas de transporte coletivo que atuam no município receberam 46 autuações nesta quarta-feira, 10. Até a manhã desta quinta-feira, 11, foram 967 ônibus abordados ao todo.

Fiscalização pela Vida

A operação “Fiscalização pela Vida” é uma atuação conjunta dos fiscais de posturas da Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur); dos guardas municipais da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc); dos agentes de transporte e trânsito da SMU, do Procon e da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). A ação é coordenada pela secretária de Governo, Cidinha Louzada.