As ações para a vacinação dos profissionais de saúde de Juiz de Fora, um dos grupos priorizados pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) nesta primeira fase, continuaram no sábado, 23, com o início da imunização dos profissionais da Rede de Urgência e Emergência do município. Estão sendo atendidos os trabalhadores da Regional Leste e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A expectativa é de imunizar 286 pessoas nestes dois locais.

A secretária de Governo, Cidinha Louzada; a secretária de Saúde, Ana Pimentel; e a subsecretária de Urgência e Emergência, Renata Prado, acompanharam as atividades.

Segundo Ana Pimentel, os trabalhos estão seguindo o cronograma traçado. “Começamos com os vacinadores, depois vacinamos os idosos em instituições de longa permanência (ILPI) e os trabalhadores destes locais, e, agora, estamos iniciando as atividades nos hospitais e serviços de urgência e emergência com a vacinação dos profissionais que estão na linha de frente.” A secretária explicou ainda que nesta etapa há um registro de dados mais detalhado onde os dados como nome e CPF dos profissionais de saúde são registrados, portanto, “é necessário fazer a vacinação com muita tranquilidade”, destacou.

Cidinha Louzada fez questão de tranquilizar a população e os demais trabalhadores da saúde ressaltando que todos serão vacinados no tempo certo e de acordo com as necessidades estabelecidas.

Na Regional Leste, Myriam Aparecida Pereira, agente de atendimento ao público, se emocionou após a imunização. “Estou muito feliz por ser uma das primeiras pessoas vacinadas. Agora podemos fazer nosso trabalho com mais tranquilidade.” Outras duas trabalhadoras imunizadas foram Adriana Cordeiro Manso, enfermeira, e Cristiane Raquel Costa Coelho, auxiliar de enfermagem.
Apenas nos primeiros dias do ano, a Regional Leste atendeu a 303 casos de pacientes com síndrome respiratória, sendo que 47 precisaram ser internados em enfermaria e quadro em unidade de tratamento intensivo (UTI). Casos de Covid-19 confirmados foram 27, sendo que dois servidores foram contaminados.

Já no Samu, a expectativa é vacinar os socorristas em dois dias, conforme explicou a subsecretária de Urgência e Emergência, Renata Prado. “Os profissionais que estavam de plantão ficaram aguardando para serem vacinados e quem estava de folga foi convocado, assim, vamos imunizar 70 profissionais e finalizamos com quem está de plantão neste sábado”.

Até o momento, a cidade já imunizou mais de 1.586 pessoas. Os dados consolidados da vacinação no município são divulgados no final da tarde, mas a expectativa é imunizar mais de 400 profissionais neste sábado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui