A prefeita de Juiz de Fora Margarida Salomão anunciou nesta segunda-feira (25), a saída de Juiz de Fora do Programa Minas Consciente, confira o comunicado:

“COMUNICADO – Exercendo a prerrogativa constitucional que garante aos municípios a gestão das políticas sanitárias, comunico oficialmente que Juiz de Fora deixará o Minas Consciente.

Tomamos essa decisão para que possamos definir protocolos próprios de gestão da crise, mais adequados ao cenário local. O Minas Consciente, por sua própria característica, possui dimensão mais ampla, exigindo que certas decisões demorem mais tempo para ser implementadas.
É preciso enfatizar que nossa decisão baseia-se na prioridade da defesa da vida. Por isso, também anunciaremos em breve medidas que diversificam o atendimento às pessoas em situação de maior fragilidade, especialmente impactadas pela pandemia.
Ainda hoje esperamos publicar o decreto especificando que diretrizes regulamentarão o combate à pandemia na cidade. Antes, a proposta será discutida pelo Fórum pela Vida, que proporá melhorias.
Enfatizo ainda que a saída do Minas Consciente em nada representa qualquer ruído em nossa relação com o governo de Minas. Pelo contrário, nossa interlocução segue muitíssimo próxima. Buscamos, insisto, uma situação mais favorável para a gestão em Juiz de Fora.
Em particular, essa decisão em nada pesa e em nada altera a campanha de vacinação contra a covid-19, assim como seguiremos mantendo a gestão dos leitos-covid junto à rede SUS. Aliás, seguimos nosso esforço por ampliar ainda mais o número de UTIs, além das sete já abertas.
Com a gestão sobre as regulamentações municipalizada, teremos mais espaço para fazer ajustes a cada momento, compreendendo que a dinâmica da pandemia muda, a cada momento.”

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui