representantes do serviço de táxi da cidade foram recebidos nesta segunda-feira, 18, pela prefeita Margarida Salomão e pela secretária de Governo, Cidinha Louzada. A pauta foi o encaminhamento da nova lei que vai regulamentar o serviço da categoria no município, que deverá ser sancionada em breve pelo executivo, atendendo a uma antiga reivindicação dos profissionais. O encontro contou com a participação de membros do Sindicato dos Taxistas e Transportadores Autônomos de Passageiros de Juiz de Fora e Região (Sinditáxi-JF) e da Associação dos Condutores Autônomos do Serviço de Táxi de Juiz de Fora (Acast-JF).

Considerando que algumas solicitações dos trabalhadores não puderam ter sido contempladas no referido projeto de lei, a prefeita se comprometeu a criar uma Mesa de Diálogo e Mediação de Conflitos com os taxistas, que terá a participação da Secretaria de Transportes e Trânsito (Settra) e da Secretaria de Governo (SG), com vistas a analisar todas as demandas e encontrar, conjuntamente com a categoria, as melhores propostas e alternativas.

Segundo o presidente do Sinditáxi-JF, José Moreira de Paula, há cerca de cinco anos, os profissionais vêm pleiteando ao Executivo Municipal a criação de uma nova lei para ajustar o serviço em Juiz de Fora às novas necessidades e à realidade atual dos permissionários de táxi no município.

O projeto de lei está tramitando na Câmara Municipal há, aproximadamente, três anos, de acordo com José Moreira. O diretor do Sinditáxi-JF, Aparecido Fagundes da Silva, que atua há 41 anos no ramo, fez questão de afirmar que esta é a primeira vez que os representantes dos taxistas foram tão bem recebidos na Prefeitura. “A administração municipal está de parabéns, nunca aconteceu de sermos atendidos tão rapidamente”, elogiou. Atualmente, o município conta com 650 permissões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui