Após o anúncio de que a vacinação contra a Covid-19 começaria no dia 20 de janeiro, feito pelo Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a Secretária de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), Ana Pimentel, faz os últimos ajustes para o início da vacinação na cidade.

“Juiz de Fora está completamente preparada para iniciar a vacinação,” disse a secretária Ana Pimentel. Segundo ela, a cidade tem a logística pronta para cumprir o papel definido para os municípios pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

O programa de execução da vacina que define todas as ações a serem desenvolvidas já está pronto. “Os profissionais estão capacitados. A rede de frio, na qual os imunizantes serão armazenados, está organizada, e a logística de distribuição dentro do território local está estruturada”, complementou Ana Pimentel.

Para dar início à imunização, a secretária esclarece a necessidade de que também o Estado e o Governo Federal cumpram as atribuições e responsabilidades atribuídas a essas instâncias pelo PNI.

No encontro virtual, o ministro estimou que oito milhões de doses serão disponibilizadas a partir da segunda quinzena deste mês, sendo dois milhões são da Astrazeneca, da FioCruz, e seis milhões da Coronavac, do Instituto Butantan.

Na tarde desta sexta-feira, 15, o governador Romeu Zema concede entrevista coletiva no auditório da Superintendência Regional de Saúde, com sede em Juiz de Fora, quando anunciará a destinação do primeiro lote de insumos composto por seringas e agulhas para Juiz de Fora e região. A prefeita Margarida Salomão e a secretária Ana Pimentel estarão presentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui