Polícia Militar (PM) solicitou na terça-feira, 29, o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur) para identificar o responsável por um evento promovido no último dia 25, no local conhecido como “Chapadão”, no Bairro Dom Bosco, que gerou grande aglomeração de pessoas. Juntamente com os militares, os fiscais de posturas foram até o bairro e autuaram o promotor do evento irregular, que poderá arcar com multa de R$4.849,17.

Além da autuação, ele também foi notificado. O caso, assim como de todos os eventos irregulares realizados na cidade durante a pandemia de Covid-19, também será encaminhado ao Ministério Público para que seja feita uma representação criminal por danos à saúde pública. O Departamento de Fiscalização Ambiental e Urbana já emitiu mais de 22 autuações por realização de eventos sem licença desde março deste ano. Para cada evento promovido, cerca de quatro pessoas foram responsabilizadas por terem contribuído com a realização do mesmo, entre organizadores, vjs, djs, bandas e músicos.

A vedação de realização de eventos durante o estado de calamidade pública no Município devido à pandemia de Covid-19 está prevista no Decreto Municipal 14.179/2020 e em suas complementações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui