A estudante de medicina Anna Leikovic, de 21 anos, foi presa suspeita de esfaquear e arrancar o coração da mãe dela, Praskovya Leikovic, de 40 anos, dentro da casa onde moravam, na Rússia. 

Conforme a polícia local, a jovem retirou outros órgãos do corpo da genitora, como pulmões e intestinos, com uma faca de cozinha. O jornal “Komsomolskaya Pravda” reportou nesta semana que a mãe ainda estava viva enquanto a filha dissecava parte das vísceras dela. 

O periódico relata que a mãe voltou para a casa depois de passar alguns dias trabalhando na Alemanha. Havia brigas constantes entre as duas, e Prakovya suspeitava que a filha estivesse usando drogas e, por isso, tentou a colocar em tratamento. Isso gerou um ataque de fúria em Anna, que resultou no crime. As investigações ainda estão em andamento. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui