Fundação Cultural “Alfredo Ferreira Lage” (Funalfa), informa que, com o avanço dos casos de Covid-19 no Município e com as novas restrições da “onda amarela” do “Minas Consciente”, o Carnaval em Juiz de Fora que, tradicionalmente, vem ocorrendo antecipadamente, em relação ao calendário nacional, ficará a critério da próxima administração. A Diretora-geral da Funalfa, Tamires Fortuna informa que “em virtude da iminente troca, optamos por deixar a cargo da próxima gestão municipal a formalização de uma nova data para a realização dos eventos do Carnaval 2021”. Ela explica ainda que a decisão sobre o adiamento do evento está diretamente ligada ao aumento dos casos de coronavírus, o que precisa ser constantemente avaliado.

Conforme a gerente do Departamento de Acesso à Cultura, Giovana Bellini, os últimos meses do ano são reservados para a equipe começar as movimentações e conversas sobre o carnaval e possíveis lançamentos de editais de apoio aos blocos carnavalescos. Porém, assim como outras atividades culturais da cidade, a iniciativa foi sendo adiada com a evolução da pandemia “já era a hora de montar o edital e chamar os representantes da comissão do carnaval para começarmos os trabalhos, mas esse ano foi difícil definir os eventos sem uma previsão de melhora da Covid-19”, lamenta.

O Município segue o que vem sendo decidido por muitas cidades que precisaram recuar em suas escolhas de datas devido à grande indefinição sobre uma vacina ou sinais de redução da taxa de contaminação do novo coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui