A greve na empresa GIL que se iniciou na Sexta-feira(30), segue até hoje sem uma previsão de fim.

A situação da empresa ficou ainda pior após um suposto comunicado de falencia feito por um dos advogados da empresa para os funcionários, paralisando totalmente a circulação do ônibus da empresa, que até o momento do comunicado estavam circulando cerca de 5 ônibus.

Já faz um mês de luta dos trabalhadores que alegam estar sem receber faz mais de 2 meses, e estão se virando como podem.

Entramos em contato com a SETTRA que ate o momento nao se manifestou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui