A partir deste sábado, 14, Juiz de Fora volta para a “onda amarela” do programa estadual Minas Consciente. Tal medida se fez necessária devido ao aumento do número de novos casos confirmados de covid-19 na cidade esta semana, que ultrapassou a marca de 560. Foi publicado o decreto 14.179, além das resoluções 001 e 002 que definem medidas preventivas de combate ao coronavírus, protocolos sanitários específicos para funcionamento das atividades, inclusive das feiras-livres.

É importante que tanto os estabelecimentos quanto a população respeitem todos os protocolos de segurança. É fundamental o uso de máscara de proteção, a higienização correta das mãos e superfícies de contato, manter o distanciamento social e só sair de casa para o que for estritamente necessário.

Confira os principais pontos do decreto:

– Bares e restaurantes:

Das 10h às 24h;

Clientes devidamente assentados;

Ocupação máxima de 50% da capacidade do estabelecimento;

Espaçamento de dois metros entre as mesas (inclusive em ambiente externo);

Proibidos: autosserviço, entretenimento, espaço kids.

– Comércio:

Das 9h às 18h;

Galerias comerciais da região central: seg a sex das 9h às 18h / sab das 9h às 16h.

– Atividades extracurriculares:

Somente com protocolo avaliado pela vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde (quem já apresentou o protocolo não precisa apresentar novamente).

– Atividades e eventos em estilo drive thru e drive-in:

Somente com requerimento para realização, firmado com a Prefeitura.

– Igrejas, salões e templos religiosos:

Máximo de 30% da capacidade de assentos;

Limite máximo de 100 pessoas;

Distanciamento de dois metros em filas e assentos;

Ambiente limpo, ventilado e sem ar-condicionado.

– Academias de ginástica e atividades de condicionamento físico:

Aulas coletivas: um indivíduo a cada 10m²;

Vestiários: apenas lavatórios e sanitários (proibido banho);

Uso obrigatório de máscara durante os treinos;

Atividade aquática: limite de 30% da capacidade de ocupação da piscina;

– Clubes sociais, esportivos e similares:

Máximo de 30% da capacidade do espaço físico;

Proibido: saunas, áreas de convivência e de churrasqueiras, eventos, colônia de férias e atividades que exijam contato físico;

Atividades esportivas coletivas: um indivíduo a cada 10m²;

Limite de 30% da capacidade de ocupação da piscina;

Vestiários: apenas lavatórios e sanitários (proibido banho).

– Atividades esportivas e de recreação e lazer:

Atividades profissionais: sem presença de público;

Estádios de futebol: sem presença de público e apenas para atividades profissionais;

Limite de 30% da capacidade de ocupação de piscinas esportivas;

– Feiras livres autorizadas:

Obrigatório o uso de máscara;

Manter distância mínima de 1,5m entre as barracas;

Proibido degustação, mesas, cadeiras, consumo local e entretenimento;


Decreto 14.179 na íntegra

Resolução 001 na íntegra

Resolução 002 na íntegra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui