Em nota enviada a nossa equipe de reportagem, a assessoria de comunicação da SETTRA disse estar tomando medidas contra a greve tendo em vista o não respeito da frota minima nas ruas. “A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) está ciente da paralisação dos funcionários da empresa GIL e, encaminhou portaria para liberação para vans atenderem essas linhas. Como a empresa não está rodando com o mínimo previsto de 30%, todas as medidas jurídicas cabíveis serão tomadas.”

A nota ainda cita a liberação de Vans, medida críticada pela população tendo em vista que os veículos não possuem o leitor de vale transporte não atendendo 100% a demanda de usuários da empresa com a deficiência atual provocada pela greve.

De acordo com o sindicato (SINTTRO), a settra deveria transferir as linhas e Funcionários da empresa GIL para outras empresas da cidade a fim de acabar com o problema persistente de irregularidades da GIL. Questionamos a SETTRA sobre o assunto que preferiu não comentar tal indicação do sindicato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui