Mais uma obra de melhoria está sendo realizada no Parque da Lajinha, após reabertura ao público. Desta vez, o estacionamento interno está recebendo novo calçamento. O trabalho foi iniciado nesta sexta-feira, 9, e prosseguirá até domingo, 11. A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur), da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), administradora do espaço, esclareceu que não haverá prejuízo de vagas aos visitantes durante a execução das obras, permanecendo a limitação de acesso estabelecida no protocolo de segurança, de 22 veículos.

O serviço está sendo executado pela Secretaria de Obras (SO), também responsável pela substituição de 80 metros da antiga rede de drenagem do parque, no final do ano passado, como forma preventiva, antes do período chuvoso. Durante o tempo em que o local esteve fechado, devido à pandemia da covid-19, a Semaur cercou toda a área do estacionamento, o que possibilitou maior controle dos visitantes, pois, a portaria se tornou o único local de entrada e saída.

Protocolos de visitação

Para garantir a segurança dos frequentadores e servidores do Parque da Lajinha, a Semaur definiu novas regras de funcionamento e protocolos, a serem seguidos pelos visitantes, que passou a ser de terça-feira a domingo, entre 8 e 12 horas. Somente é permitida a permanência dentro do parque de até cem pessoas, simultaneamente, incluindo crianças de qualquer idade. Com o uso de máscara obrigatório durante toda a visitação, o público tem a temperatura aferida antes de entrar.

Não estão permitidos nenhum tipo de eventos, mesmo os piqueniques, e nem ensaios fotográficos. Os parquinhos infantis e os aparelhos de ginástica estão fechados. A fila para entrada deve manter a distância mínima de dois metros entre as pessoas, respeitando as sinalizações de distanciamento no chão. A utilização dos bebedouros é permitida somente com garrafas ou copos, sendo proibido o uso do jato diretamente na boca. O controle de todos os protocolos é realizado pelos servidores do parque, juntamente com a Guarda Municipal Ambiental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui