Neymar, atacante do PSG, testou positivo para coronavírus, informaram nesta quarta-feira fontes próximas ao clube da França.

Além do brasileiro, outros dois jogadores do time parisiense estão infectados, os argentinos Ángel Di María e Leandro Paredes, segundo as mesmas fontes, que confirmam informações do jornal francês L’Equipe.

“Três jogadores do PSG foram confirmados como positivos no teste Sars CoV2 e foram submetidos ao protocolo de saúde adequado. Todos os jogadores e a comissão técnica continuarão a ser testados nos próximos dias”, divulgou a equipe da capital francesa no Twitter, sem especificar o identidade dos três infectados.

O PSG anunciou na segunda-feira a quarentena de dois dos seus jogadores, que segundo o jornal francês L’Equipe seriam os argentinos Ángel Di María e Leandro Paredes, depois de ambos terem sido identificados como “casos suspeitos”.

Um terceiro, identificado como “caso de contato”, também foi colocado em isolamento como medida de precaução.

Os jogadores afetados estavam de férias na ilha mediterrânea de Ibiza, na Espanha, como outros jogadores do clube, entre eles, Neymar, Mauro Icardi e Ander Herrera.

De acordo com o protocolo sanitário da Liga de Futebol Profissional (LFP) francesa em vigor, os jogadores com resultado positivo devem permanecer em quarentena por 14 dias.

Por conta disso, esses jogadores do time parisiense ficarão de fora da partida de estreia da equipe no Campeonato Francês, contra o Lens, no dia 10 de setembro.

Por: Estado de Minas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui