Em transmissão ao vivo (live) realizada pelas redes sociais nesta sexta-feira, 28, o prefeito Antônio Almas abordou as alterações no funcionamento de alguns setores, diante das mudanças realizadas pelo programa do governo estadual “Minas Consciente”. O funcionamento de academias de ginástica, atividades esportivas, recreação e clubes estava inserido na “onda verde”, bem como agências de viagens. Mas o estado antecipou autorização para retomada dessas atividades na “amarela”, onde Juiz de Fora está no momento. Com isso, é permitido o retorno dessas atividades, obedecendo todos os protocolos de segurança exigidos no programa.

Entre as regras estabelecidas para reabertura de estabelecimentos do setor esportivo, por exemplo, estão limitação de um usuário a cada 10m²; horário agendado para prática dos exercícios; fechamento e limpeza completa da academia a cada duas horas; disponibilização de profissionais para higienização de equipamentos, após cada utilização; instalação de termômetro na porta, para aferir temperatura dos usuários; posicionamento de equipamentos de forma que permita a distância mínima de três metros entre os praticantes; e aplicação dos demais protocolos sanitários vigentes. A cartilha com todas as orientações estará disponível ainda nesta sexta-feira, no site da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF).

“Precisamos que tanto os estabelecimentos quanto os usuários se comprometam com a segurança, para não acontecer igual em outras cidades, que têm efeito ioiô (quando abre, aumenta os casos da doença, e é obrigado a fechar novamente). Não teremos nenhum pudor de tomar atitudes mais restritivas, se os índices sanitários e epidemiológicos piorarem”, enfatizou Almas.

As atividades esportivas e de recreação e lazer, cujos protocolos estão estabelecidos no programa “Minas Consciente”, foram liberadas, exceto a locação de campo ou quadra de futebol. Como não há protocolo para a abertura de clubes, a Prefeitura publicará decreto com as regras de funcionamento do setor.

Bares poderão funcionar

Na reunião realizada na noite desta quinta-feira, 27, o Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19 definiu que os bares poderão voltar a funcionar para consumo interno, inclusive com venda de bebida alcoólica. Os estabelecimentos poderão atender das 10 às 22 horas, durante todos os dias da semana, sem entretenimento, resguardando que todos os clientes estejam sentados e que seja garantido o espaçamento de dois metros entre as mesas.

“Vamos todos ser responsáveis nesse momento. Nosso principal objetivo é evitar aglomeração e a propagação da doença. Por isso, dou um recado para a meninada: é através da responsabilidade de cada um que vamos conseguir avançar, e não retroceder”, reafirmou o prefeito.

Setor de eventos poderá funcionar na mudança de onda

De acordo com o “Minas Consciente”, o setor de evento está inserido na “onda verde”. Os protocolos já estão prontos, aguardando a mudança de “onda” para liberação do setor. Além disso, a Prefeitura está na iminência da implementação da Lei “Aldir Blanc”, que destinará R$ 3,5 milhões para o setor cultural da cidade. A mesma lei prevê série de facilitações no uso de recursos bancários para realização de investimentos por parte das grandes empresas do setor. A PJF está aguardando regulamentação estadual para seguir com os trâmites necessários.

Além disso, a Prefeitura está pagando a Lei “Murilo Mendes” e avaliando a possibilidade de lançar novo edital nos próximos meses. Há também recursos parlamentares que em breve serão destinados aos representantes da cultura, dependendo de autorização do Ministério do Turismo, para disponibilizar o edital.

Horário do comércio

Lojas de rua podem funcionar de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e sábado, das 9 às 13 horas. As galerias comerciais da região central estão liberadas para funcionamento das 9 às 18 horas (de segunda a sexta) e das 9 às 16 horas (aos sábados) e os shoppings podem funcionar diariamente de 12 às 20 horas. Academias que funcionam dentro de shoppings devem obedecer ao horário de funcionamento do mesmo. As demais podem estabelecer horário próprio para funcionar.

Internatos retomam dia 1º de setembro

Estudantes da área da saúde estavam questionando sobre a volta dos internatos, que são atividades presenciais de estágio. A partir do dia 1º de setembro, alunos dos cursos de medicina, farmácia, enfermagem e fisioterapia das faculdades particulares, que estejam cursando o último ano do curso, poderão voltar às atividades. A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) depende do Conselho Superior (Consu) para autorizar a volta dessas atividades. Neste primeiro momento, a atuação deverá ser cumprida em 54 unidades básicas de Saúde (UBSs). Esse estágio é voluntário e supervisionado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui