Equipe da Guarda Municipal (GM), que fazia ronda preventiva na Praça do Riachuelo na tarde de segunda-feira, 27, atendeu a caso de violência contra mulher. A vítima acionou a GM, queixando-se de ter sofrido agressão de seu companheiro. Ela, 50 anos, relatou aos guardas que ele, 48, desferira um soco contra seu rosto, atingindo-a próximo à orelha. O acusado confirmou os fatos e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, no Bairro Santa Terezinha, onde foi feito o registro do fato. Contra ele pesava determinação de cumprimento de medida protetiva, retirada pela própria companheira, há seis meses. A ocorrência teve encerramento com a prisão do autor.

A Guarda Municipal é órgão da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc), da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), cuja atuação se estende para além da proteção aos bens, serviços e instalações da administração pública municipal. É comum a GM atuar em socorro a vítimas de acidentes em via pública, pessoas que sofrem algum mal súbito, se encontram desorientadas ou precisam de apoio em alguma questão de segurança. O cidadão reconhece no guarda uniformizado alguém a quem pode recorrer, e vê nele a possibilidade de socorro em situações de emergência.

-Continua após a publicidade-


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui