Através de uma nota, o consórcio Via JF, operado pelas empresas Ansal e Viação São Francisco. O consórcio afirmou não ter sido avisado com antecedência sobre o ato grevista nesta terça feira(21).

“A interrupção das atividades pelos profissionais do transporte coletivo na manhã desta terça-feira (21/07) é tida como surpresa pelo Consórcio Via JF, um dos responsáveis pelo serviço em Juiz de Fora.”

Uma reunião estaria marcada para está quarta feira, entre o sindicato e as empresas em busca de um acordo, até então, não havia nenhuma previsão de greve por parte do sindicato.

“Na segunda-feira (20), foi realizada uma reunião no TRT, com a presença do desembargador Fernando Rios Neto, do Sindicato dos Trabalhadores, das empresas de transporte e do Ministério Público do Trabalho. Nela, ficou definido que as empresas concessionárias avançariam em uma tentativa de acordo com o Sindicato, agendada para esta quarta-feira (22). Com as pautas debatidas nas duas ocasiões e o entendimento de todos os pontos de vista, já havia sido pré-agendada uma reunião de mediação para o dia 28 de julho, no TRT.

O Consórcio reafirma que vem mantendo o diálogo aberto com todas as partes e está buscando meios legais na tentativa de solucionar o problema, mesmo em meio à grave crise econômica que atravessamos: a perda de arrecadação do sistema já é superior a R$ 75 milhões desde o início da pandemia.”

No final da tarde, uma liminar foi emitida obrigando a retomada do serviço regular de Transporte público urbano na cidade “foi determinado a volta em até duas horas da circulação dos ônibus em todo o município, sob pena de multa de R$5.000,00 (cinco mil reais) por hora parada.” Medida está que até o momento do fechamento de nossa matéria não foi respeitada pelos rodoviários.

3 COMENTÁRIOS

  1. Jornal fraco, não postou os carros da Ansal que pegou fogo, e ainda é fascista, se criticar e removido ou deixa de ter direito de comentário, remove a opção do usuário.
    Fascista!

  2. Jornal fraco, não postou os carros da Ansal que pegou fogo, se criticar e removido ou deixa de ter direito de comentário, remove a opção do usuário.
    Fascista!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui