Juiz de Fora passou por uma avaliação na última semana, onde foi constatado que o município poderia avançar para a “Onda Branca do Minas Consciente”.

Onda Branca

Segundo o Estado, atividades como autoescolas, lojas de artigos esportivos e jogos eletrônicos, floriculturas, loja de móveis e tecidos, comércio varejista de antiguidade e objetos de arte, armas e fogos de artifício e atividades imobiliárias e de contabilidade podem retomar o funcionamento.

Segundo o presidente da CDL, o avanço para a onda Branca foi uma das melhores notícias para o setor dos últimos meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui