Três estudantes da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) foram os vencedores da “Global Management Challenge” (GMC Brasil/2019), considerada a maior competição de estratégia e gestão empresarial do mundo. O evento é baseado em simulações de negócios. A final nacional foi na segunda-feira (2/3), no Rio de Janeiro. Com o feito, a equipe representará o país na etapa internacional, que acontecerá em Lisboa (Portugal), entre 26 e 28/5.

O time da Unimontes é formado pelos mestrandos do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Econômico e Estratégia Empresarial (PPGDEE), Paulo Ricardo Prates e Jéssica Pereira Soares, e pelo aluno do 4º período da graduação em Ciências Econômicas, Wilson Lino José de Oliveira.  

A competição nacional teve 42 equipes formadas por estudantes de universidades e outras instituições brasileiras. As oito melhores equipes foram selecionadas para a etapa final no Rio de Janeiro.

Cenário

A prova do “Global Management Challenge” é uma simulação empresarial interativa em que cada equipe gerencia uma empresa, com o objetivo de obter o melhor desempenho do investimento no mercado. A meta é atingir maior crescimento do capital investido e maior rentabilidade para os acionistas.

Durante a competição, as equipes tomam decisões a partir de um cenário, considerando os fatores econômico, contábil/financeiro, administrativo e de marketing e mercado aberto. Na questão econômica são avaliados taxa de emprego, crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), taxa de juros e câmbio. Na parte contábil/financeira, o desafio leva em conta as operações gerenciais financeiras da empresa. 

Na administração são considerados os recursos disponíveis, no marketing observam-se as ações para divulgação dos produtos da empresa e no mercado aberto são verificadas as operações na bolsa de valores, observando dividendos e cotas dos acionistas. São feitas análises da atuação empresarial dentro de três mercados: Mercosul, Nafta e Mercado Mundial.

Conquista

O mestrando Paulo Ricardo Prates ressalta que a conquista da GMC Brasil permitiu observar que o crescimento das empresas “está vinculado ao desenvolvimento econômico dos países, uma vez que, antes da tomada de qualquer decisão, foi levado em conta o cenário econômico mundial”. Ele lembra ainda que, entre outros aspectos, foram observadas duas crises mundiais: os crimes cibernéticos, que afetaram as vendas pela internet, e a queda das matrizes energéticas.

“O GMC foi importante para que eu pudesse entender melhor o funcionamento de uma empresa e me preparar para o mercado de trabalho. A competição também me possibilitou aplicar o conhecimentos teóricos ensinados em sala de aula”, comemora o estudante Wilson Lino Oliveira.

Jéssica Pereira Soares, também mestranda do PPGDEE reforça a importância da competição para estudantes e profissionais da área de Finanças. “O aprendizado facilita o desenvolvimento de competências de gestão estratégica, fundamentais para a atuação dos profissionais no mercado de trabalho”, ressalta.

Fonte: agência Minas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui